Hyginus
Hyginus

Hyginus Crater
A maioria das crateras lunares são crateras de impacto, no entanto a cratera Hyginus (localizados em 7,75 ° N, 6,27 ° E, no Sinus Medii) é uma cratera vulcânica conhecida como uma caldeira. Duas peças principais de evidência sugerem que Hyginus foi formada através de processos vulcânicos. Primeiro, Higinus não tem uma borda em relevo típico de crateras de impacto. Em segundo lugar, o aro de Hyginus é irregular (não circular), o que é típico para crateras vulcânicas causadas por colapso. Além disso, se você olhar de perto uma imagem LROC NAC (em anexo), o interior do Higinus tem inúmeras pequenas depressões irregulares que são características de colapso mais prováveis, indicando uma origem vulcânica para Hyginus. Estas depressões são irregulares na imagem em destaque, distingue-se pelo áspero, material de alta refletância em torno de suas bordas.
A região inteira de Hyginus, mostrada na minha foto abaixo, é uma peça complexa da geologia lunar. Não só você tem a cratera vulcânica Hyginus, mas também Rima Higinus, um rille linear, crateras vulcânicas colapsadas alinhadas com o rille linear, e um depósito piroclástico ao redor da cratera Hyginus.
Como todas as características geológicas se relacionam entre si?
A região de Hyginus é tão incrível que ele era um dos locais de pouso candidato e mais tarde cancelado da missão Apollo 19. Se tivesse sido diferente, poderíamos saber muito mais sobre os materiais piroclásticos e caldeira Hyginus.
Em um estudo recente, os cientistas propuseram um modelo de formação para Hyginus e Rima Hyginus. Em primeiro lugar, uma porção de magma do manto subiu verticalmente através da crosta lunar. O magma parou de subir perto da superfície e espalhou-se lateralmente. Esta injeção de novo material abaixo da superfície causou grande stress sobre a crosta, o que resultou numa falha. Eventualmente o material magmático original ainda por baixo da superfície construída aumentou ainda mais a pressão do gás, aumentando assim a pressão sobre a crosta.
Este esforço acabou por provocar o graben que se formou ao longo das falhas, e ao mesmo a liberação do estresse iniciou uma erupção, incluindo materiais piroclásticos. Após a erupção de material magmático uma cavidade vazia abaixo da superfície foi deixada para trás. Esta cavidade desabou, criando a cratera Hyginus. As crateras ao longo do rille linear também foram formadas de um modo semelhante.
PS: Graben ou fossa tectônica é a designação dada em geologia estrutural a uma depressão de origem tectónica, geralmente com a forma de um vale alongado com fundo plano, formada quando um bloco de território fica afundado em relação ao território circundante em resultado dos movimentos combinados de falhas geológicas paralelas ou quase paralelas.
Fonte: Sarah Braden - LROC News System
Adaptação: Avani Soares
http://www.astrobin.com/full/222358/0/

topo