Rutherfurd
Rutherfurd

Quadrante 16

 Para ver em alta resolução: http://www.astrobin.com/full/126321/0/

A cratera Clavius é a terceira maior cratera visível no lado visível. Ela está localizada nas montanhas ao sul da Lua, ao sul da cratera Tycho.

Devido a seu grande tamanho, Clavius pode ser detectada a olho nu. Clavius é uma das mais antigas formações na superfície da lua, foi formada durante o período de Nectarian (-3 850 a -3 920 milhões anos).

Ela tem uma parede externa relativamente suave em comparação ao seu tamanho que eleva-se a 3500 metros acima do solo circundante, já o piso fica ao mesmo nível do solo o que faz com que muitos não a considerem cratera e sim uma planície murada. Esta cratera de 30 000 quilômetros quadrados, foi muito alvejada por outras pequenas crateras de impacto mais jovens.

Se você estivesse no centro de Clavius, você não iria ver as paredes das bordas por causa da curvatura da lua.

A imagem abaixo mostra de forma espetacular a cratera Clavius em um angulo de iluminação solar bastante favorável que evidencia de forma notável a maioria dos seus acidentes.

Mas vamos deixar Clavius de lado e nos ater em Rutherfurd?

Rutherfurd foi nesta foto registrada de forma bastante detalhada e no seu piso podem ser vistos inúmeros pedregulhos que são uma de suas características marcantes.

Muitas pedras se encontram na parte inferior das encostas íngremes no chão da cratera Rutherfurd (45 km de diâmetro). Muito provavelmente foram desalojadas por terremotos causados por impactos nas proximidades e elas simplesmente rolaram pelo chão. Diversas imagens da LROC têm mostrado a importância de pedras que rolam de lugares altos, pois aqui na Terra elas oferecem aos exploradores a oportunidade de analisar o material que esta acima sem escalar montanhas. No entanto, muitas imagens da LROC demonstraram que pedras são comumente encontrados no alto de elevações topográficas, tanto em pequenos montes como em grandes montanhas. Elas certamente não rolaram a esses pontos altos - como elas chegaram lá? O que elas podem nos dizer sobre a geologia da cratera?

Estes pedregulhos podem ser os restos de fusão do impacto que ocorreu temporariamente sobre um alto monte no chão da cratera. À medida que o derreteu e endureceu formou uma casca fina, frágil, que mais tarde foi quebrada por terremotos ou pequenos impactos.

Pedregulhos também pode ser encontrada por si sem fonte aparente, e de todos os tamanhos. Não importa a sua origem ou seu tamanho, eles serão úteis para futuros astronautas quando eles explorarem a Lua.

A cratera Rutherfurd tem uma incrível variedade de características geológicas veja a imagem inteira NAC e aprecie toda esta diversidade de detalhes.

Fonte: LPOD - LROC/NASA - Astronoo

Adaptação e foto: Avani Soares

 

Outubro, 03-2014; 23:38 UT

C14 Edge + Qhy 5L color + Powermate 2X + IR Pass 742

Empilhamento de apenas 100 frames no AS!2

 

topo